O Formato  do Campeonato amadurece e Em 2008 a direção do Campeonato formada pelo Dinho Valladares e Aline Bourseau  resolve reunir os capitães dos times para uma assembléia que resulta em mudanças radicais nas regras e no formato, decide – se então colocar um juiz técnico que pode pontuar, ou não, as duas equipes de acordo com as faltas técnicas cometidas. Um juiz cênico que vota em apenas uma das equipes e julga o aspecto cênico em geral e a platéia que continua votando na melhor cena. Nesse momento entra o formato da equipe de Show – onde teríamos então um mestre de cerimônias, 2 juizes, 2 assistentes de palco que iriam auxiliar o mestre de cerimônia, contar os pontos, distribuir os cartões de votação assim como as fichas de jogos e títulos para a platéia. E então no IV Campeonato Carioca de Improvisação que tivemos a honra de receber o time de Brasilia : OS ANÔNIMOS DA SILVA – (Fernando Booyou, Edson Duavy, Lucas Moll e Saulo Pinheiro) onde também fizemos grande amigos. A final foi disputada entre os ANÔNIMOS DA SILVA e os IMPROSÊNIORS.os vencedores foram os “Improsêniors” (Ary Aguiar Jr., Pedro Ribamar e Rodrigo Amém). Foi nesse ano de 2008 que também tivemos outros importantes intercâmbios : recebemos o Shawn Kinley  da companhia canadense LOOSE MOOSE do mestre Keith Johnstone!! Fizemos boas trocas e no ano seguinte tivemos uma bela oficina desse mestre na Cia de Teatro Contemporâneo

Ainda nesse ano tivemos uma oficina do Pedro Borges  um grande improvisador Português e a oficina da Bobbi Block da Cia americana TONGUE & GROOVE tudo isso foi muito importante para nós , abrimos nossas percepções, nossos sentidos ganhamos mais conhecimentos, e experiência e fizemos novos amigos!!

Login

Ir para o Topo