Aline Bourseau, carioca, mudou-se para Portugal em 1986, onde teve seus primeiros contatos com a arte, no Conservatório Nacional de Dança de Lisboa. Lá começou seus trabalhos com a linguagem da Dança e posteriormente com o teatro ainda em Portugal. Ao voltar para o Brasil administrou o Ateliê de artes plásticas do artista José Bechara durante cinco anos, onde teve profundo contato com toda a questão administrativa voltada para as artes plásticas, uma experiência que forneceu amplo conhecimento do mercado. Trabalhou também com cinema no curta “Le Voyeur” de Cristina Fontes. Em televisão produziu a mini-série “DNA” de Clovis Levy e é produtora da Cia. de Teatro Contemporâneo. Jovem que tem desenvolvido estas características administrativas através da Cia.

Login

Ir para o Topo